Geral

A história de amor que começou em meio a pandemia da Covid



A história de amor que começou em meio a pandemia da Covid

Sabe aquelas histórias de amor que você só imagina acontecer na ficção? A jovem estudante, Ana Julia Miranda de 19 anos e o churrasqueiro, Vinícius Montilha de 25 anos, são os protagonistas da vida real de uma história de amor que começou em plena pandemia e enfrenta os desafios desse novo normal.
Ana Julia e Vinícius tinham amigos em comum e se conheceram na casa de um deles. “Dois dias depois ele me chamou para conversar, ficamos nos falando durante uma semana e só depois nos encontramos”, conta a jovem.
O primeiro encontro do casal foi, no mínimo, inusitado. Uma semana após eles se conhecerem, a avó de Ana Julia faleceu e Vinícius foi ao velório. “Nós ainda não havíamos nos encontrado, e ele foi ao velório da minha avó e ficou o tempo todo comigo. Foi o nosso primeiro encontro”, revela Ana Julia. Depois disso, eles se encontraram mais algumas vezes e logo iniciou o namoro. “Estamos juntos há três meses”, conta.
Após o falecimento da avó, Ana Julia testou positivo para a Covid-19. “Ainda estávamos bem no início do relacionamento e logo de cara tivemos que ficar 15 dias sem nos ver. Foi bem difícil! Depois desse acontecido redobramos nossos cuidados e todas as nossas programações de casal tem sido em casa”, conta Ana Julia. O Vinícius não contraiu o vírus e deu total apoio a sua amada, mesmo à distância. “Nos falávamos somente por chamada de vídeo. Às vezes ela ficava ruim com falta de ar e eu ficava mal por não estar perto para ajudá-la”, relata Vinícius.
O jovem casal revela que a maior dificuldade tem sido ficar em casa. “Gostamos muito de sair e, mesmo com tantos lugares abertos temos muito receio. Tenho pavor de sentar em algum lugar pra comer ou beber algo sabendo que tem um vírus matando milhares de pessoas”, conta Ana Julia.
Ambos estavam solteiros há mais de um ano e não estavam em busca de um novo amor. “Foi a melhor coisa que me aconteceu durante a pandemia. Ela é uma pessoa espetacular, maravilhosa e que tá me fazendo muito bem”, derrete-se Vinícius.
O primeiro Dia dos Namorados do casal será comemorado no domingo, 13. “Como no sábado (12 de junho – Dia dos Namorados) ele trabalha, vamos comemorar no domingo. Iremos pedir algo para comer em casa, assistir um filme e curtir a companhia um do outro”, conta Ana Júlia.
Para o futuro, o casal espera ansiosamente pelo fim da pandemia para que possam desfrutar da companhia um do outro com mais segurança. “Espero que possamos em breve poder realizar todas atividades de casal juntos sem medo de prejudicar a nossa saúde e de outras pessoas também. Que possamos sentar em algum lugar que antes era comum sem medo ou receio de algo acontecer e que com o fim do vírus e da pandemia nosso relacionamento se fortaleça mais”, finaliza.