Meio Ambiente

Aberta a fase vermelha da "Operação SP Sem Fogo" contra queimadas



Aberta a fase vermelha da "Operação SP Sem Fogo" contra queimadas

O Governo de São Paulo deu início nesta terça-feira, 4, à fase vermelha da Operação SP Sem Fogo.

A ação intensifica os trabalhos para prevenir e combater focos de incêndio em áreas de mata durante o período mais seco do ano, que vai de junho a outubro.

Fernandópolis e região já está sendo castigada por estiagem antecipada. São praticamente dois meses sem chuva ampliando o risco de queimadas.

Ao todo, a SP Sem Fogo mobiliza 4,7 mil profissionais, entre bombeiros militares, civis, PMs ambientais, agentes da Defesa Civil, brigadistas, voluntários e parceiros.

A Secretaria da Segurança Pública comprou 80 novas viaturas para reforçar a frota de quase 500 veículos da PM Ambiental, que terá um efetivo de 1,7 mil agentes na operação.

O Corpo de Bombeiros também vai disponibilizar 800 agentes e 280 veículos, além de 30 drones e 60 sopradores a combustão recém-adquiridos.

A Defesa Civil do Estado promoveu oficinas de treinamento para cerca de 2 mil pessoas, entre voluntários, agentes municipais de Defesa Civil e pequenos e médios agricultores.