Saúde

Ações educativas marcam o início das comemorações do “Dia do Orgulho Autista”



Ações educativas marcam o início das comemorações do “Dia do Orgulho Autista”

Começa hoje, 14, em Fernandópolis as ações educativas em comemoração ao “Dia do Orgulho Autista”, celebrado no sábado, 18. A data foi instituída para esclarecer a sociedade sobre as características únicas das pessoas diagnosticadas com algum grau do Transtorno do Espectro Autista (TEA).

A programação, que será comandada pelo projeto “Luz Azul”, tem início hoje às 14h30 na Pracinha da Cultura com um encontro entre coordenadoras, professoras, representantes das escolas do município, convidados da região e representantes da Liga Acadêmica de Autismo da Medicina da Universidade Brasil. Na ocasião serão abordados temas relacionados a inclusão escolar, potencialidades e aptidões dos autistas, bem como os direitos das pessoas no TEA.

Ainda hoje, às 19h30, no auditório da Prefeitura de Fernandópolis acontecerá uma palestra sobre os ‘Direitos dos Autistas e das Famílias no TEA’, ministrada pela coordenadora do projeto Ana Albuquerque. “O objetivo é levar informação à população para reduzir a discriminação e o preconceito contra os indivíduos que apresentam o Transtorno do Espectro Autista, focando especialmente nesta data tão importante que comemoramos em junho e completando um ano do nosso projeto em Fernandópolis”, comentou Ana.

SOBRE O “LUZ AZUL”

O Projeto ‘Luz Azul’ é uma iniciativa da Prefeitura e é desenvolvido por meio de uma parceria entre as Secretarias de Assistência Social, Educação, Saúde, Comunicação, Esporte e Cultura.

Desde sua implantação em Fernandópolis, o projeto ‘já oficializou a entrega de 90 CIPTEA (Carteira Oficial do Autista -Lei Romeo Mion), que é válida em todo Território Nacional e garante direitos e prioridades aos autistas, seja no setor público ou privado