Esporte

Afercan organiza o “1º Rachão Woman” no final do mês



Afercan organiza o “1º Rachão Woman” no final do mês

Está começando o Outubro Rosa, mês da campanha de conscientização sobre o câncer de mama, com uma série de eventos para lembrar a importância dos exames preventivos. O “1º Rachão Woman” organizado pela Afercan – Associação Fernandópolis de Ciclismo, Atletismo e Natação - fecha o mês de outubro com esse propósito. Vai acontecer no dia 30 de outubro com concentração no Mais Parque ao lado do recinto da Expo, às 16 horas. 
Segundo os organizadores, dentre os vários objetivos que um evento como esse tem, a comemoração do Outubro Rosa, como campanha de conscientização, é uma forma de unir o prazer do ciclismo com a mobilização em prol da causa. 
O evento terá uma dinâmica em que as mulheres participantes deverão completar o percurso proposto e, ao final, todas receberão uma medalha de participação. 
Os organizadores explicam que são dois tipos de categoria no evento: a SPORT (05 voltas no circuito definido no Mais Parque) e a ELITE (ida e volta até o distrito de Dulcelina, também conhecido como Cutia). Brindes doados pelas empresas parceiras serão sorteados entre as participantes. Essas empresas serão divulgadas nas mídias sociais dos organizadores.  
As inscrições estarão abertas a partir do dia 10 de outubro e terão uma taxa de R$10,00 para que se possa cobrir eventuais gastos na realização do evento. Os locais que serão divulgados nos grupos de watssap de pedais e nas demais mídias sociais. 
Será proposto a todas as participantes a compra de números de rifa de duas camisas de ciclismo alusivas ao Hospital do Amor, onde a renda será revertida à AVCC – Associação de Voluntários no Combate ao Câncer de Fernandópolis. O número da rifa custará 5 reais.
“A participação de todas as mulheres, independentemente do tempo de pedal que tem, é importante para os organizadores. Mostrar a força, a garra e a vontade de superar seus limites é o principal combustível na conquista da realização enquanto mulher que trabalha fora, cuida dos filhos, cuida de casa e ainda ‘sobra’ um tempinho para se dedicar a esse maravilhoso esporte que é o ciclismo”, diz a nota divulgada pela organização.