Geral

“Bafômetro” flagrou 146 motoristas em Fernandópolis em 2023



“Bafômetro” flagrou 146 motoristas  em Fernandópolis em 2023

O Detran – Departamento Estadual de Trânsito -  emitiu relatório sobre multas aplicadas em 2023 em Fernandópolis. As infrações registradas pelo Detran.SP são relativas a licenciamento anual do veículo e Carteira Nacional de Habilitação, condições do veículo, embriaguez ao volante, entre outras.

Segundo dados, o Detran aplicou 2.760 infrações em Fernandópolis, das quais 453 (16,4%) foram por conduzir veículo não licenciado. Outras 146 foram por alcoolemia, que incluem tanto as recusas ao bafômetro, direção sob influência de álcool (quando o teste aponta até 0,33 mg de álcool por litro de ar expelido) e condução de veículo em estado de embriaguez (quando o teste do bafômetro aponta índice superior a 0,33 mg de álcool por litro de ar expelido).

Houve queda de 22% no total de multas no ano passado na comparação com 2022, quando foram registradas 3.559 multas. Queda também no número de flagrantes pelo “bafometro” ou recusa do teste. Foram 259 em 2022 contra 146 no ano passado, queda de 43%.

As multas registradas pelo Detran são aplicadas pela Polícia Militar ou nas blitze realizadas aleatoriamente nas cidades.

TOTAL

A Secretaria Municipal de Trânsito de Fernandópolis divulgou o balanço das multas aplicadas em 2023 registrando também uma queda em relação ao ano anterior. Foram

2.397 multas no ano passado contra 2.938 em 2022, queda de 18%.

São as chamadas multas municipais, ou infrações de comportamento no trânsito (passar sinal vermelho, usar o celular enquanto dirige, estacionamento irregular entre outras) que geram essas multas.

Os motoristas de Fernandópolis cometeram em 2023 um total de 5.157 infrações que resultaram em multas aplicadas pelo Detran.SP e Semutran Fernandópolis. A mais cara é a da recusa do bafômetro ou constatação de embriagues ao volante, que chega a quase R$ 3 mil reais, sem contar as sanções administrativas e penais que podem resultar em suspensão da CNH.