Geral

Cachorro quente, hot dog, dogão ou podrão, dia 9 de setembro é o dia desse clássico!



Cachorro quente, hot dog, dogão ou podrão, dia 9 de setembro é o dia desse clássico!

São muitas as nomenclaturas para esse lanche que nasceu na Alemanha em meados de 1850, quando era apenas um pão com salsicha, e se popularizou nos Estados Unidos em 1906 nos estádios de futebol americano com um sanduíche quente feito com pão, salsicha e molhos.

Tantos anos depois, essa iguaria ganhou muitas versões, adaptações, molhos e recheios variados. Cada região possui seu estilo próprio de cachorro quente. Na capital paulista, por exemplo, a marca registrada do tradicional ‘dogão’ é o purê de batata! Já no Rio de Janeiro, o ‘podrão’, como é conhecido, acompanha uma série de ingredientes adicionais que variam de batata palha, queijo parmesão ralado, milho, ervilha, azeitona até mesmo ovos de codorna. Isso mesmo!!! Confesso que assustei quando estive lá e o ‘tio’ do lanche perguntou se eu queria que colocasse ovos de codorna. Pensei até que fosse brincadeira. Mas não, é deles mesmo.

O tradicional dogão do paulistano com purê de batata.

Em Fernandópolis, que na minha humilde opinião estamos muito bem servidos de lanchonetes, tem um cachorro quente melhor que o outro. Porém, é óbvio que tenho os meus queridinhos! O primeiro deles, que amo de paixão é do Tony Lanches. Um dogão bem clássico com pão, maionese, salsicha, molho de frango, milho, azeitona, ketchup, mostarda e batata palha, tudo prensadinho na chapa e bem crocante. O Tony se tornou um amigo de toda família, já conhece a peculiaridade do lanche de cada um.

O cachorro quente prensado fica delicioso e crocante

Agora se você deseja matar a fome na madrugada minha dica é o Chiquinho Lanches. Além do cachorro quente simples, ele faz o meu preferido, que é com catupiry, que também pode ser substituído por cheddar. O lanche acompanha pão, salsicha, molho de frango, milho, ketchup, mostarda, batata palha, maionese, azeitona e catupiry ou cheddar. Ele faz o lanche normal ou prensado também, que na minha opinião é o melhor! Não deixe de pedir a maionese caseira e o molho de pimenta para acompanhar.

Se o seu desejo é por um cachorro quente completão e com tudo que você tem direito, minha sugestão é o Hot Dog Especial da Santa Gula Hamburgueria. O nome especial não é à toa, viu! Essa delícia é feita com pão de hot dog, maionese da casa, molho artesanal de tomate com frango desfiado, queijo prato com cream cheese derretido, bacon crocante, azeitona fatiada, molho de tomate com carne moída, ketchup, mostarda e batata palha. É mole ou quer mais? Você ainda pode adicionar mais queijo, bacon e o requeijão caipira Jeito de Mato empanado. Tá bom pra você?

Eita que deu água na boca né? Claro, como de costume não poderia deixar vocês sem uma receitinha. Esse cachorro quente de forno além de delicioso é mega fácil de fazer e rapidão. Uma dica ótima para fazer no lanche para as crianças.

Cachorro quente de forno

Cachorro quente de forno
Cachorro quente de forno é infalível para o lanche das crianças

Ingredientes

1 colher de azeite

2 tomates

1/2 cebola

340 g de molho de tomate

500 g de Salsicha

500 g de pão de forma

1 pote de requeijão

150 g de muçarela

 

Modo de Preparo

1 - Em uma panela, acrescente o azeite, dois tomates picados, cebola picada e refogue.

2 - Acrescente o molho de tomate e as salsichas cortadas em rodelas. Misturar e deixar ferver por 5 minutos.

3 - Em um refratário de vidro, acrescente um pouquinho de molho e uma camada de pão forrando a travessa, acrescente o molho com as salsichas, o requeijão e cubra com o pão de forma. Faça quantas camadas der.

5 - Finalize com muçarela ralada e leve para o forno 180 ºC por 15 minutos

Fonte: Receitas Perdigão