Educação

Escolas retomam 100% de aulas presenciais após o feriado



Escolas retomam 100% de aulas presenciais após o feriado

As escolas da rede estadual de ensino retornam após o feriado de Finados com 100% das aulas presenciais, conforme o cronograma anunciado pelo governo do Estado. Desde o dia 18 de outubro, quatro escolas já estão com 100% dos alunos em sala de aula sem revezamento. 
As escolas José Belucio, Carlos Barozzi, Armelindo Ferrari e Professora Maria Conceição Aparecida Basso, do distrito de Brasitânia foram as únicas a retomar a totalidade das aulas. “As demais, devido o protocolo de distanciamento de 1 metro entre os alunos, vinham mantendo as aulas em dias alternados para os alunos. Mas, no dia 3 de novembro não haverá mais restrição. A partir de então, todas as escolas irão receber os alunos em sua capacidade todos os dias”, explicou o dirigente regional de Ensino Cândido José dos Santos Cândido.
Segundo Cândido, no momento a única mudança será o termo de responsabilidade assinado pelos pais para manter seus filhos em casa com aulas remotas que não será mais válido. 
Na rede municipal de ensino, o secretário de educação, Carlos Cabral confirmou que a partir do dia 3 de novembro, a cidade irá seguir o decreto estadual que prevê a retomada obrigatória de todos os alunos sem restrição de distanciamento ou revezamento de turmas. 
PAINEL
Desde sexta-feira, 22, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo disponibiliza o Painel Simed - Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para Covid-19 -, para consulta pública e divulgação dos números de casos confirmados para Covid-19, dentro da comunidade escolar. O sistema está disponível em: www.educacao.sp.gov.br/painel-simed.
“A elaboração do Painel Simed foi possível após a análises do sistema de monitoramento e o cruzamento de dados do sistema da Seduc com os registros do e-SUS Notifica ou Sivep-Gripe do Ministério da Saúde. Foi um trabalho minucioso com todo cuidado para que as informações divulgadas refletissem a realidade dos dados”, afirma o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares.
De acordo com o painel, na área da Diretoria Regional de Ensino de Fernandópolis, composta pelas cidades de Fernandópolis, Estrela d´Oeste, General Salgado, Guarani d´Oeste, Indiaporã, Macedônia, Magda, Mira Estrela. Ouroeste, Pedranópolis, Populina, São João das Duas Pontes, São Joao de Iracema e Turmalina, foram registrados este ano 71 casos de covid, incluindo toda a rede de ensino (municipal, estadual e particular). Foram 31 alunos, 37 servidores e três terceirizados.  Em Fernandópolis, foram 36 casos, sendo 20 alunos, 15 servidores e um terceirizado (veja quadro).

Veja no gráfico a evolução da gestão fiscal da prefeitura de Fernandópolis entre 2013 e 2020