Cultura

Escritora fernandopolense de apenas 7 anos lança “Primeiro conto da Laurochinha”



Escritora fernandopolense de apenas 7 anos lança “Primeiro conto da Laurochinha”

Aos sete anos de idade, Laura Fonseca Diogo Domiciano, lançou no último domingo, 12, seu primeiro livro de literatura infantil, “Primeiro conto da Laurochinha”. A pequena já demonstrava seu interesse pelos livros desde quando estava na barriga de sua mamãe, a supervisora de ensino, Márcia Cristina Fonseca. “Quando minha esposa estava grávida, contávamos histórias e conversávamos com a Laura dentro da barriga e ela se mexia toda, como quem tivesse entendendo tudo e gostando da leitura”, lembra o pai, Fabiano Diogo Domiciano. 
Desde que nasceu, os pais, que atuam na área da educação, continuaram a ler livros para a Laura e, com isso, despertando ainda mais o interesse pela leitura e aguçando sua criatividade. “Como educadores, sabemos da importância da leitura na educação e na formação das crianças e criamos esse hábito desde a gestação e até hoje, todas as noites lemos um livro com ela e o irmão, Davi, antes de dormir”.

De acordo com o pai, o “Primeiro conto da Laurochinha” foi uma história que a Laura contou quando tinha cinco anos de idade. Eles gravaram e disseram que quando ela conseguisse ler e escrever iriam publicar a história. E assim fizeram. A primeira tiragem, de 200 exemplares, foi publicada dia 21 de novembro, dia do seu aniversário, e o lançamento oficial aconteceu no último domingo, 12, no Shopping Center Fernandópolis com direito a decoração, discurso e até autógrafo.
“A história surgiu quando eu estava brincando com meu irmãozinho Davi e meus pais contavam histórias da infância deles. Então comecei a inventar uma história onde a impressora da casa da família foi molhada e os irmãos colocaram a culpa no cachorrinho. E começou a confusão”, conta a autora. 
O enredo mistura aventura, mistério, ficção e muito amor. “Além de uma lição de vida, da importância e da união familiar”, destaca o pai orgulhoso. Segundo Laurinha esse é só o primeiro livro. “Quero fazer outro com a continuação desse conto e depois mais e mais”, revela a escritora. Estudante da escola Adventista e muito religiosa, Laura disse que seu livro preferido é a Bíblia e que adora ver revistas com casas luxuosas e cantar louvores. 
Orgulhosos da filha, os pais de Laura revelam que é preciso acreditar no potencial dos filhos. “Os pais precisam ouvir mais seus filhos, acreditar no potencial deles e se esforçar para transformar suas ideias e sonhos em realidade. Falamos sempre sobre o poder da ideia, mas para que ela se transforme em realidade é preciso ir atrás, igual fizemos com a Laurinha”.
O livro da autora mirim foi publicado pela editora Trilha Educacional e está à venda no site da Amazon ou pelo telefone 17-99608-8316.