Cultura

Fernandópolis distribui R$ 188 mil para artistas e artesãos



Fernandópolis distribui R$ 188 mil para artistas e artesãos

Os artistas e empresas de Fernandópolis receberam nesta semana o pagamento do auxílio emergencial ao setor cultural, um dos mais afetados pela pandemia da Covid-19. Batizada de “Lei Aldir Blanc” em homenagem ao compositor e cronista morto em maio, vítima de complicações causadas pelo coronavírus.

O montante distribuído foi de R$ 188,8 mil, mas poderia ser maior, já que o valor destinado a Fernandópolis era de R$ 492 mil destinados a atender 170 artistas. Porém, nem todas as pessoas cadastradas enviaram projetos, Assim, o município precisou devolver mais de R$ 300 mil

Em Fernandópolis foram aprovadas 35 propostas, beneficiando seis empresas e 29 artistas e artesãos que apresentaram projeto. Os R$188.875,00 em premiação serão divididos da seguinte forma: R$ 84 mil para a manutenção de seis empresas culturais; e R$ 104.875,00 aos grupos artistas. Os cachês variam de R$1.250,00 a R$6.000,00.

Os artistas interessados receberam total apoio da Prefeitura de Fernandópolis através da Secretaria Municipal de Cultura para a montagem de seus projetos. “As equipes trabalharam incansavelmente para que todos que atendessem aos critérios fossem beneficiados. Infelizmente, muitos artistas não se inscreveram”, explicou o prefeito André Pessuto.

Uma comissão avaliadora analisou as propostas das áreas de música, teatro, contação de história, dança, circo, audiovisual, artesanato, escultura, entalhe, fotografia, artes plásticas, literatura e grafitti. Agora, os aprovados devem executar seus trabalhos ao longo de 2021, exibidos pela internet.