Meio Ambiente

Onda de calor deve permanecer até o início da semana



Onda de calor deve permanecer até o início da semana

Desde a última quinta-feira, 14, os termômetros não param de subir em Fernandópolis e, segundo o Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia – e o Climatempo, trata-se de uma nova onda de calor. A quinta consecutiva no país que já registrou o fenômeno em agosto, setembro, outubro e novembro.

De acordo com os meteorologistas, a onda de calor deve ser menos quente do que a que vimos em novembro, por ocorrer às vésperas do verão, que é uma temporada mais úmida e com mais nuvens, o que faz com que o calor não seja tão intenso como o que ocorreu antes.

A previsão é de que os termômetros se aproximem dos 40°C, no Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal, sul do Mato Grosso, noroeste e norte de São Paulo, grande parte de Minas Gerais, sul do Tocantins e oeste da Bahia.

Hoje, a previsão é de máxima de 39° e amanhã e segunda-feira, 18, os termômetros poderão atingir os 40°. Já na terça-feira, 19, a previsão é de chuva e os termômetros começam a baixar. Na semana do Natal, a previsão de máxima será de 35°.

A onda de calor acontece quando temos uma temperatura cinco graus acima da média por um período de mais de cinco dias. Neste caso, ela deve se estender de 14 a 20 de dezembro, próximo da chegada do verão que acontece no dia 22 de dezembro.