Religião

Oração na Brasilândia abre a carreata do Dia do Motorista



Oração na Brasilândia abre a carreata do Dia do Motorista

A celebração de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, foi aberta na tarde deste sábado, 25, com oração proferida pelo padre Natalino Sérgio Araújo, defronte a Igreja São Luiz Gonzaga na Brasilândia.

A cerimônia seguiu o protocolo de segurança, por conta da pandemia da Covid-19. Os devotos de São Cristóvão permaneceram dentro dos veículos.

Após a descrição da história de São Cristóvão, padre Natalino proferiu a oração pedindo a proteção aos motoristas. “É momento de manifestar nossa fé, nossas intenções e agradecimento pela vida. Que todos possamos ser prudentes e zelosos no trânsito, cuidadosos uns com os outros”.

Na saída da carreata, padre Natalino orientou as pessoas para que na chegada na Rua São Paulo, ao lado da Igreja Matriz, todos abram os vidros dos carros para receber a benção. “Não tirem as máscaras”, alertou o pároco.

A Festa de São Cristóvão neste ano tem caráter solidário e vai arrecadar alimentos não perecíveis para a Pastoral Humana para ajudar os mais carentes e também doação em dinheiro para o Seminário Diocesano Nossa Senhora da Assunção.

Em Fernandópolis, a festa do motorista é uma tradição de mais de 30 anos. Este ano, a data coincide com o final de semana, quando os caminhoneiros estão de volta para suas casas e podem reunir a família e participar do encontro. O evento é organizado em parceria pela Igreja Católica, Rádio Difusora e Rádio Educadora Santa Rita.