Saúde

Outubro Rosa Pet alerta para câncer de mama em cadelas e gatas



Outubro Rosa Pet alerta para câncer de mama em cadelas e gatas

Todos os meses, duas ou três campanhas, simultaneamente dominam as redes sociais. Este ano, uma delas tem chamado a atenção dos internautas: a de Outubro Rosa Pet.

O alerta é do CRMV-SP - Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo. Em alusão ao Outubro Rosa, mês em que a campanha de prevenção e combate ao câncer de mama procura conscientizar as mulheres da importância de adotar medidas preventivas, a entidade chama atenção para que o cuidado também se estenda aos animais de estimação.https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1390449&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1390449&o=node

A maior incidência da doença é em fêmeas, contudo, entre 1% e 3% dos casos são diagnosticados também em machos. Os tumores de mama têm uma tendência a aparecer em cadelas adultas, entre 4 e 12 anos de idade. Já as gatas podem desenvolver a partir de um ano de vida.

O diagnóstico e o tratamento precoce da lesão, assim como nos humanos, é também a melhor forma de proporcionar um prognóstico e, talvez a possibilidade da a cura do tumor.

Para o especialista em Oncologia Veterinária, Rodrigo Ubukata o aparecimento de tumores normalmente ocorre em fêmeas mais velhas acima dos sete anos de idade, “porém com o uso do anticoncepcional, temos fêmeas jovens acometidas de tumores malignos”. Ela acrescenta que estudos feitos desde 1968 mostram que cadelas castradas antes do primeiro cio, por volta dos seis meses de idade, reduzem em 99% as chances de incidência de tumor de mama.