Geral

Parceria público-privada inicia construção da represa na Teotônio Vilela



Parceria público-privada inicia construção da represa na Teotônio Vilela

Uma parceria público-privado entre a Prefeitura de Fernandópolis e grupo Arakaki resultou num acordo para a construção da represa que interligará as avenidas Augusto Cavalin e Teotônio Vilela, abrangendo uma área de aproximadamente dois alqueires, nas proximidades da FEF - Fundação Educacional de Fernandópolis.

O investimento de mais de R$ 2 milhões vai resultar na construção de uma represa e um parque ecológico no córrego da Aldeia, tornando o lugar uma das mais significativas áreas de lazer de Fernandópolis. Na região também será feito um novo loteamento residencial, entre o recinto de exposições e o condomínio Sol Nascente.

Esta área de lazer vai facilitar ainda que o município refaça o acesso entre o bairro Brasilândia e o recinto de exposições pela avenida Teotônio Vilela.

“Esta é uma das obras mais importantes da cidade. Quero agradecer ao grupo Arakaki, em especial ao Luisinho Arakaki que entendeu a importância deste investimento”, falou o prefeito André Pessuto.

O prefeito destacou ainda que esta represa vai deixar a cidade muito mais bonita e também tem uma função fundamental.

“Na rua Teotônio Vilela, que segue do bairro Brasilândia até o recinto de exposições, já foi construída por duas vezes uma ponte, que foi levada embora pela chuva. Se a Prefeitura construísse de novo a ponte, o risco de a água destruir tudo novamente era altíssimo. Por isso, o grupo Arakaki entendeu, nós fizemos esta parceria e hoje está saindo esta obra de mais de R$ 2 milhões para conter a água no terreno do Arakaki, para depois a Prefeitura executar a ponte da Teotônio Vilela. O lugar também vai virar um atrativo turístico e vamos”, destacou André Prefeito.