Saúde

Período de chuvas faz aumentar a preocupação com a dengue em Fernandópolis



Período de chuvas faz aumentar a preocupação com a dengue em Fernandópolis

A Secretaria Municipal de Saúde alerta a população sobre a importância de redobrar a prevenção nesse período chuvoso de verão, para que sejam evitadas contaminações do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e também da chikungunya e zika vírus.

Durante todo o ano, os agentes de endemias da Prefeitura visitam os bairros e regiões em busca de focos do mosquito. Além das vistorias em imóveis também é realizado o trabalho de nebulização, ação feita com a aplicação do inseticida por meio da bomba costal, dentro da residência dos moradores em áreas prioritárias e onde há maior incidência de casos.

“A dengue continua sendo uma preocupação em todos os municípios, mas se cada um fizer a sua parte o mosquito não irá encontrar lugares para procriar. É importante todos serem conscientes de que qualquer recipiente, por menor que seja, pode acumular água e ser local de proliferação do mosquito. Portanto nesses dias de chuva vamos redobrar os cuidados, afinal essa é uma luta de todos”, disse o secretário municipal de Saúde, Ivan Veronesi.

Em 2021 o município registrou 2.393 casos positivos da doença.

COMO PREVENIR:

- Pratos de vasos de plantas devem ser preenchidos com areia;

- Tampinhas, latinhas e embalagens plásticas devem ser jogadas no lixo, e as recicláveis guardadas fora da chuva;

- Latas, baldes, potes e outros frascos devem ser guardados com a boca para baixo;

- Caixas d'água devem ser mantidas fechadas com tampas íntegras sem rachaduras ou cobertas com tela tipo mosquiteiro;

- Piscinas devem ser tratadas com cloro ou cobertas;

- Pneus devem ser furados ou guardados em locais cobertos;

- Lonas, aquários, bacias e brinquedos devem ficar longe da chuva;

- Cuidados especiais para as plantas que acumulam água.