Meio Ambiente

Piracema termina nesta quarta e pesca volta a ser liberada



Piracema termina nesta quarta e pesca volta a ser liberada

Com o fim do período de defesa da piracema nesta quarta-feira, 28, a pesca de peixes nativos volta a ser permitida em rios e represas da região. Foram 120 dias de restrição para a pesca com vistas a proteger a reprodução dos peixes.

O 4º Batalhão da Polícia Militar Ambiental, que engloba as Companhias de Fernandópolis, São José do Rio Preto, Franca e Ribeirão Preto, divulgou balanço das ações durante o período iniciado em dia 1º de novembro de 2023. Foram apreendidos 5,5 mil quilos de peixes, 5,7 mil redes de pesca e lavradas 344 autuações. Mais de 7 mil pescadores foram fiscalizados nas áreas de pesca das 189 cidades.

Com o fim da piracema, volta a ser permitida a pesca de peixes nativos da bacia do Rio Paraná, entre eles, piau-três-pintas, piapara, pacu-caranha, mandi, traíra, barbado, curimbatá, pintado e dourado

No entanto, o pescador precisa respeitar o tamanho mínimo exigido para captura de cada espécie nativa Também é preciso se atentar às regras sobre os apetrechos para pesca.