Polícia

Polícia prende acusado pela morte da motorista de aplicativo de Jales



Polícia prende acusado pela morte da motorista de aplicativo de Jales

A morte da motorista de transporte alternativo (aplicativo) moradora de Jales, Luciana Cordioli, 41 anos, repercutiu nas redes sociais, jornais e sites de notícias durante o final de semana, sobretudo, em decorrência dos requintes de crueldade com o qual foi cometido. O crime foi  cometido por Jovanilson Soares Nogueira, 18 anos, morador de Urânia. Ele solicitou uma corrida pelo aplicativo.

Luciana Cordioli, foi encontrada morta na tarde deste domingo, 13, próxima à escola Armelindo Ferrari. Informações preliminares apontam que Jovanilson matou Luciana dentro do veículo. O carro dela foi encontrado abandonado na Euclides da Cunha, próximo ao bairro Cohab Antônio Brandini. O acusado já foi preso pela polícia.