Saúde

Terceira semana de novembro bate recorde de casos positivos de Covid



Terceira semana de novembro bate recorde de casos positivos de Covid

Fernandópolis registrou na terceira semana de novembro aumento recorde de casos de Covid-19, colocando em alerta as autoridades de saúde. O fenômeno está ocorrendo em todo o Brasil e já há especialistas admitindo que o país está vivendo a segunda onda de contágio, a exemplo do que ocorre na Europa, Ásia e Estados Unidos.

Nesta sexta-feira, 20, foram registrados mais 30 casos positivos da doença, o que mantém a média móvel em crescimento pela quarta semana consecutiva.

O registro de novos casos, depois de queda acentuada, mostrou crescimento que chegou a 556% entre a semana de 30 de outubro a 5 de novembro, comparada a semana de 13 a 19 de novembro.

Só para se ter uma ideia, na semana de 30/10 à 05/11 (sexta à quinta-feira) foram registrados 32 novos diagnósticos positivos, fechando o período semanal com média móvel de 4,2 casos/dia. Já na semana seguinte que compreende o período de 6/11 à 12/11, o número de diagnostico subiu para 85 fechando com média móvel de 12 casos/dia.

A terceira semana do período analisado em novembro, fechou com dois recordes desde o início da pandemia. O primeiro é o maior número de casos já registrados em único dia: foram 75 diagnósticos positivos registrados na segunda-feira, 16. São 15 casos a mais do que o recorde batido em 25 de setembro. O segundo recorde diz respeito a média móvel dos casos positivos para Covid-19. Foram 210 pessoas infectadas pelo coronavírus entre os dias 13 e 19 de novembro, o que representa uma média móvel de 30 casos/dia.

No decorrer desta semana, entraram na lista dos novos infectados o advogado e ex-candidato a prefeito de Fernandópolis, Henri Dias, seu candidato a vice, o médico e também advogado Avenor Bim e a esposa dele, a ex-prefeita Ana Bim. A nova onda de casos de Covid-19 atingiu também o coral da igreja católica do Bairro Santo Expedito. Entre membros e familiares, 14 testaram positivo.

Na Ala da Covid na Santa Casa de Fernandópolis, o número de internados vem aumentando gradativamente. Na segunda-feira, 16, eram cinco pacientes internados, dos quais três na UTI. Nesta sexta-feira, 20, o número dobrou: 10. São seis pacientes na enfermaria e quatro na Unidade de Terapia Intensiva, com tendência de aumento.