Saúde

Testes da vacina contra coronavírus começam sexta em Rio Preto



Testes da vacina contra coronavírus começam sexta em Rio Preto
Foto: Divulgação Governo de São Paulo

Os testes da vacina Coronavac em Rio Preto começam nesta sexta-feira, 7, no centro de pesquisa da Famerp. Até nesta terça-feira, 4, 482 profissionais de saúde da linha de frente contra a Covid-19 estavam inscritos como voluntários em potencial. Junto com outras 11 instituições, a faculdade vai atuar na terceira e última etapa de análises em humanos do imunizante produzido pela farmacêutica chinesa Sinovac Life Science, em parceria com o Instituto Butantan.

Segundo a Famerp, os testes vão iniciar no período da manhã, quando a faculdade vai apresentar para a imprensa três voluntários selecionados para o início da aplicação dos testes. Os profissionais de saúde receberão doses da vacina ou de placebo, de acordo com as regras da pesquisa. Embora o início já esteja programado, as doses das vacinas que serão aplicadas por aqui ainda continuam no Butantan, segundo informou a assessoria da Famerp. Os imunizantes e as doses do placebo devem chegar entre esta quarta e quinta-feira, por meio de alguma das companhias aéreas que operam no aeroporto de Rio Preto.

A notícia do início do estudo em Rio Preto foi divulgada pelo governador do Estado, João Doria, por meio do Twitter. Ele fez o anúncio ao falar sobre o começo dos testes em mais cinco centros de pesquisa.

"Até o final de setembro, início de outubro, nove mil pessoas, médicos e paramédicos, terão feito a testagem e a avaliação durante esse período de 90 dias. Estou muito esperançoso e tenho muita convicção de que a vacina vai superar essa fase de testes", afirmou o governador.

Segundo Doria, se assim for, o Butantan começará a produzir a vacina ainda em outubro. "Quem sabe já no final de outubro e início de novembro tenhamos a vacina", disse. A distribuição deverá ser feita pelo Ministério da Saúde.