BASTIDORES

BASTIDORES



ANO...
impar não tem eleição. É o chamado período de rearrumação dos partidos políticos de olho na próxima peleja nas urnas em ano par, 2024. Esse rearranjo partidário ganha contornos ainda mais significativos a partir do resultado das eleições do ano passado.
PELO...
menos 13 siglas partidárias perderam direito de receber recursos do Fundo Partidário, bem como o de ter acesso gratuito a rádio e televisão para exibição da propaganda partidária. Sem pão e água, tendem esses partidos a entrar em colapso com risco para a sobrevivência.
PORTARIAS...
do Tribunal Superior Eleitoral publicadas esta semana passaram o facão na lista de partidos. Do total de 28 entes políticos que lançaram candidatos nas eleições do ano passado, 14 legendas e federações partidárias alcançaram a chamada clausula de desempenho. 
PARA...
as 13 siglas barradas no baile (Agir, DC, Novo, Patriota, PCB, PCO, PMB, PMN, PRTB, PSC, PSTU, PTB e UP) restam poucas opções a não ser realizar fusões, incorporações ou mesmo constituir federações com outros partidos que tiveram melhor resultado nas urnas.
NAS...
tetas do “fundão” bancado com dinheiro público estão Avante, MDB, PDT, PL, Podemos, PP, PSB, PSD, Republicanos, União Brasil, Solidariedade, mais as federações  PT/PCdoB/PV, PSDB/Cidadania e PSOL/Rede. Vão rachar a bagatela de R$ 1,1 bilhão neste ano.
NO...
grupo dos eliminados está o PTB. Em Fernandópolis tem quase 500 filiados, teve candidato a prefeito em 2020 (Henri Dias) e saiu das urnas com três vereadores eleitos (Cidinho do Paraiso, Everaldo Lisboa e João Garcia Filho). Já perdeu Dias e corre risco de perder também os vereadores na janela eleitoral que se abrirá em março do ano que vem. 
GANHAM...
musculatura na raia eleitoral para 2024, partidos como o PSD da ex-prefeita Ana Bim, fortalecido com a presença de Gilberto Kassab como o homem forte no governo do Estado, o PT com a volta de Lula ao Palácio do Planalto e o Republicanos que, afinal,  é o partido do governador Tarcísio de Freitas. 
ANTES...
poderosos, o União Brasil (ex-DEM) do prefeito André Pessuto, o PSDB do vice-prefeito Artur Silveira, o PP do deputado Fausto Pinato e o MDB de Itamar Borges, tentam agora se reacomodar no novo cenário político para não perderem protagonismo.
NO FRIGIR...
dos ovos, ainda não se tem claro se esse rearranjo político será suficiente para impactar localmente o cenário da polarização consolidada na última década pelos grupos de Pessuto e Ana Bim. Aparecerá alguém com estofo suficiente furar essa bolha? O tempo urge...

Equipe A.C.G