BASTIDORES

BASTIDORES: A Máquina



O PREFEITO...

André Pessuto entregou ao médico Marcio Gaggini a Coordenadoria do Comitê de Contingenciamento da Covid-19 em Fernandópolis, que, ressalte-se, vem desempenhando um trabalho à altura da responsabilidade que lhe foi atribuída.

TAL...

delegação ao infectologista, de elevado grau de confiabilidade, de segurança, deu ao prefeito plenas condições para cumprir sua agenda administrativa, sem prejuízo do acompanhamento diário dos cuidados e procedimentos da equipe de saúde municipal, responsável pelo combate ao coronavírus.

A MÁQUINA...

pública está trabalhando dentro da normalidade, tocando serviços rotineiros e se dando ao luxo de entregar algumas obras prometidas em campanha eleitoral. O asfaltamento do bairro Araguaia, que viveu de promessas por várias décadas é um dos exemplos de atuação da administração.

PEQUENAS...

ações, nem por isso menos importantes, também aparecem nesses tempos de pandemia. Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5), a prefeitura realizou na manhã de sábado (6) o “Drive thru’ da Biodiversidade com a distribuição de diferentes tipos de muda nativas a mais de 130 munícipes.

FERNANDÓPOLIS...

já tem uma meta para a arborização urbana até 2031, quando se pretende plantar cerca de 57 mil mudas de árvores e equilibrar a cobertura arbórea da cidade. Hoje, 50 mil árvores estão plantadas na área urbana. O desafio é plantar 12 árvores por dia e conscientizar a população. “É um plano audacioso, mas não impossível de executar, diz Luiz Sérgio Vanzela, secretário do Meio Ambiente.

CONSCIENTIZAR...

a população não é tarefa fácil, a considerar a falta de educação de alguns moradores. A prefeitura  tem praticado uma operação enxuga-gelo, recolhendo entulhos e limpando a sujeira do lixo  que é depositado  irregularmente, com total desprezo aos pontos de descarte. Existe no cenário um dia de limpeza e outro de sujidade.

INICIAMOS...

e vamos terminar a Coluna falando da pandemia. A última vez que o  prefeito André Pessuto usou as redes sociais  para prestar contas das verbas recebidas e dos gastos efetuados nas ações de combate ao coronavírus, foi dia 21 de maio. Como Fernandópolis recebeu R$ 1.033.897,92, a oposição (?) está cobrando a atualização da prestação de contas. Pelo divulgado, foram gastos R$ 173.070,00 na compra de materiais. 

UM...

eleitor, que pediu para não ser identificado, entende que diante de tantas denúncias de fraudes que a Polícia Federal vem investigando Brasil afora em compras autorizadas sem licitação, para combate à pandemia, todo gestor público, em nome da transparência, deve prestar contas com freqüência, fazê-lo rotineiramente. É tão fácil.

Alencar Cesar Scandiuzi