BASTIDORES

BASTIDORES: A vitória



O SENTIMENTO...

que envolve o resultado da eleição municipal é de um misto de tristeza e alegria. Fosse filme, o autor não teria dificuldades para extrair, por força do enredo, títulos sugestivos como “Risos e Lágrimas”, estrelado por vencedores e derrotados nas urnas.

ANDRÉ...

Pesssuto, por exemplo, tem motivos de sobra para comemorar os feitos. Além da vitória maiúscula para renovação do mandato, com mais de 50% dos votos, o democrata quebrou um tabu histórico, ao conquistar a primazia de ser o primeiro prefeito a ganhar uma reeleição em Fernandópolis.

PARA...

coroar a vitória, a coligação (DEM/PSDB/MDB/PP/PSC) que comandou, elegeu oito vereadores, com o seguinte registro para os partidos e votos de cada um: João Paulo Cantarella (MDB) – 936 Julinho Barbeiro (PP) – 833, Gustavo Pinato (DEM) – 802, Murilo Jacob (MDB) – 747, Jeferson da Fef (DEM) – 721, João Pedro da Caixa (PSDB) – 703, Janaína Alves (PP) – 595, Pastorzão Claudenilson (PSC) – 475.

UMA...

maioria significativa que terá muito peso para atuar na próxima legislatura, com amplas possibilidades de conquistar a presidência da Câmara para o biênio 21/22. A oposição (?) terá cinco vereadores eleitos pela coligação (PTB/PSD/SOLIDARIEDADE/PSL/PROS) de Henri Dias. Partidos e votos: Daniel Arroio (PSD) – 639, Cabo Santos (SOLIDARIEDADE) – 633, Cidinho do Paraiso (PTB) 574, Everaldo Cabelereiro (PTB) – 515, João Garcia Filho (PTB)  - 407.

O PARTIDO...

 de Henri (PTB) - que recebeu 11.835 votos (36,77%) dos eleitores de Fernandópolis -, elegeu três, dos cinco vereadores eleitos pela coligação, e será a maior bancada da Câmara, seguido de MDB, DEM e PP com 2 vereadores cada um, da coligação de André Pessuto, eleito com 16.457 votos (51, 14 %).

CAMPEÕES...

de votos em eleições anteriores, levaram um susto com o resultado de domingo. Cidinho do Paraíso, por exemplo, o mais votado em 2016, com 2.881votos, caiu para 514, mas conseguiu se reeleger. Golpe duro foi para Maiza Rio, a mais votada em 2012 com 1.490 votos, que ficou fora por problemas na Convenção, e eleita depois em 2016 com 1.908, caindo agora para 591, não conseguindo a reeleição.

O ELEITORADO...

deixou claro que não gostou muito do desempenho da maioria dos atuais vereadores, cujo mandato encerra-se em dezembro, e resolveu trocar abrindo espaço aos novos integrantes da política, reelegendo apenas quatro dos 13 vereadores, queda de 66,6%, uma das maiores da história do legislativo. Na soma, eles obtiveram em 2016, 12.158 votos, e caíram para 6.267 votos.

A VITÓRIA...

de André Pessuto (DEM), além do “sim” da população em relação ao seu governo, passa por desprendimento e equilíbrio na hora de escolher os aliados para formação da coligação; e uma das decisões mais acertadas responde pelo nome de Artur Silveira, o vice que somou e trouxe tranquilidade ao grupo, afastando ciumeiras, colocando o PSDB no lugar que lhe é de direito no cenário da política fernandopolense. Não será um vice decorativo, e com a experiência acumulada, desde os tempos de Armando Farinazzo, está à altura para assumir as responsabilidades inerentes ao cargo que conquistou nas urnas.

Alencar Cesar Scandiuzi