BASTIDORES

BASTIDORES: O Legislativo



UM ANO...
se passou desde que o coronavírus desembarcou no Brasil e estamos diante do pior mês da pandemia, com o descontrole total dos casos de contaminados e disparada de mortes. Pagamos com vidas, o preço da falta de coordenação e da politização da pandemia, o que contribuiu para causar descrédito na população.
OS PREFEITOS...
que estão na linha de frente do contato com a população sofrem todas as pressões e, no front da guerra, são levados a tomar medidas extremas, como foi o caso do prefeito da principal cidade da região, Rio Preto. Edinho Araújo decretou lockdown e, sofre na porta da prefeitura, protestos diários de comerciantes indignados. 
EM FERNANDÓPOLIS...
André Pessuto após trombadas na comunicação e sob pressão, decidiu simplificar e seguir o decreto da “fase emergencial” do governador João Dória. Nem cogitou seguir o seu colega rio-pretense ou fazer combinação com outros prefeitos, como na semana anterior. Mesmo assim, enfrenta também o desagrado dos comerciantes que foram as ruas na quarta-feira para uma carreata-protesto, mesmo sem o apoio da Acif. 
IDAS...
e vindas em decretos e medidas para conter a onda avassaladora da Covid-19 também geraram os primeiros ruídos entre Executivo e Legislativo. O puxão de orelhas partiu do presidente da casa Gustavo Pinato, ex-vice de Pessuto. Na sessão de terça-feira, 16, ele criticou o que chamou de “bagunça geral”.
A EDIÇÃO...
de um decreto “a toque de caixa” na boca da noite de sexta-feira passada, para flexibilizar algumas das medidas combinadas com outros prefeitos, gerou a indignação do presidente. Ao tempo que isentou Pessuto, Gustavo atribuiu a confusão à incompetência da assessoria que causou prejuízos para comerciantes que ficaram à deriva, sem saber o que, de fato, estaria valendo. 
ALIÁS,
o presidente jogou no colo do prefeito uma demanda que tem apoio dos empresários e da população. Em requerimento que assinou conjuntamente com seu colega João Pedro Siqueira, aprovado pelo colegiado, levou ao Executivo a proposta de estudo sobre a possibilidade de adiar o pagamento do IPTU e demais impostos, inclusive com pedido para tirar os juros e multa. Nas redes sociais, Gustavo postou: “Esperamos que o nosso prefeito se sensibilize e atenda nosso pedido. E, se atender, nós o agradeceremos em nome da nossa população que tanto está sofrendo com esta pandemia”. 
SEM...
deixar a burocracia atravessar o caminho, o presidente da Câmara também foi destaque na semana quando mostrou celeridade e com apoio de todos os vereadores, costurou a liberação de ajuda à Santa Casa, sobrecarregada com dificuldades financeiras para comprar insumos para o atendimento aos pacientes com Covid. 
O LEGISLATIVO...
devolveu ao Executivo R$ 300 mil do seu duodécimo endereçado à Santa Casa, via convênio já aprovado na última sessão. O recurso da Câmara chega em boa hora ao principal hospital da cidade diante da sobrecarga gerada pela pandemia em tempos de caos. 

Equipe A.C.G

  • BASTIDORES

    BASTIDORES

    APÓS... dois anos reclusos pela pandemia, o fernandopolense volta a comemorar o aniversário da cidade com...
  • BASTIDORES

    BASTIDORES

    FAZ... quatro anos que o conselheiro do Tribunal de Contas, Dimas Ramalho, ao analisar as contas da Prefeitura de 2016,...
  • BASTIDORES

    BASTIDORES

    OS PREFEITOS... estão sorrindo de orelha a orelha. O milagre da eleição está despejando...
  • BASTIDORES

    BASTIDORES

    OS TEMPOS... são outros. O sociólogo polonês Zygmunt Bauman, que morreu em 2017 na Inglaterra onde...