BASTIDORES

BASTIDORES: O projeto



O PROJETO...

da Região Metropolitana de Rio Preto que começa a sair do papel é sonho antigo e mexe com interesses regionais. E isso ficou claro na audiência pública com 35 municípios, no sábado, 27, que teve a presença do vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) e do Secretário de Desenvolvimento Marcos Vinholi (PSDB).

A AUSÊNCIA...

do líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Carlão Pignatari (PSDB) foi, no entanto, o fato político que mais chamou a atenção no encontro. De acordo com relato da coluna política do Diário da Região de terça-feira, 2, a ausência acendeu a luz amarela entre integrantes do Palácio dos Bandeirantes.

OFICIALMENTE...

o tucano não participou do evento realizado na Câmara de Rio Preto devido a compromisso particular. A suspeita, no entanto, revela a Coluna, é de que Carlão não teria ficado nenhum pouco satisfeito com a exclusão de cidades que compõem a sua base eleitoral, especialmente Votuporanga, do projeto da Região Metropolitana.

COM...

a ausência de Carlão, que deve ser eleito presidente da Assembleia Legislativa no próximo dia 15, o governo já escolheu o deputado Itamar Borges (MDB) como o porta-voz da proposta na Alesp.

NOS...

bastidores circula a informação de um acordo para incluir a cidade de Olímpia, do deputado federal Geninho Zuliane, do mesmo partido do vice-governador na RM. O prefeito de Rio Preto Edinho Araújo chegou a propor essa inclusão. Diz o ditado que, onde passa um boi, passa uma boiada e, claro, já há pressão por novas inclusões.

O PREFEITO...

de Fernandópolis, André Pessuto (DEM), ouvido pelo Diário, defende a inclusão de Fernandópolis, Votuporanga, Jales, Catanduva e Santa Fé do Sul e justifica: "O que é real é que a nossas cidades dependem de São José do Rio Preto. Eu acharia muito válido cidades próximas da rodovia Euclides da Cunha fazerem parte da Região Metropolitana de Rio Preto, porque a gente pensa o desenvolvimento regional em conjunto".

EMBORA..

o vice-governador afirme que a discussão da RM é técnica com base em critérios definidos pela Fundação Seade, responsável pela elaboração do estudo, até as araras-canindé da praça sabem que o peso definidor será da política, ainda mais quando se tem eleições logo ali adiante, em 2022.

ALÉM...

disso, não é hora de desagradar o atual líder do governo e na bica para assumir o comando da Assembleia Legislativa do Estado por onde vai tramitar o tal projeto. O que se viu em Rio Preto foi apenas um round. Os próximos é que definirão o tamanho da Região Metropolitana de Rio Preto, se com 35 municípios como está no projeto original, ou agregando novas cidades. É o que veremos...

Equipe A.C.G