BASTIDORES

BASTIDORES - Ponto facultativo



O PONTO...
facultativo esticando o feriado de Corpus Christi com o último final de semana fechou a Prefeitura e, de quebra, as Unidades Básicas de Saúde por quatro dias em plena pandemia da Covid-19, suspendendo inclusive a vacinação de grupos com comorbidades, enquanto o vírus seguiu fazendo vítimas.

O AGRAVANTE...
desta vez é que o sábado, 5 de junho, foi anunciado pelo governo do Estado como “Dia D de vacinação” para a segunda dose do imunizante. O anúncio veiculado nas rádios de Fernandópolis soava como uma fake news, já que no sábado, as UBSs permaneceram fechadas, como na quinta (feriado) e na sexta (dia normal de trabalho).

AS REDES...
sociais deram o tom da indignação das pessoas. “Incoerente esse ponto facultativo. Se tem vacina, nossa corrida é contra o tempo. O vírus mortal não tem folga, ele prolifera em escala exponencial”, lembrou o leitor Evaldo Botazzo ao comentar a notícia do CIDADÃO no facebook. Outros foram diretos: “Descaso”, “Vergonha”.

OS INCONVENIENTES...
gerados por “feriadões” turbinados por pontos facultativos não são de hoje. Já foi abordado nesta coluna em setembro de 2017 pelos problemas com o fechamento das creches e escolas gerando transtorno incontornável para as mães que trabalhavam fora, sem ter onde deixar os filhos. Agora, atingiu a Saúde. Os profissionais da linha de frente, merecem reverência e homenagens. São heróis. Mas, estamos numa guerra...

A BENESSE...
antes uma mera tradição, virou lei em dezembro de 2012, aprovada pela Câmara e promulgada pelo ex-prefeito Vilar no apagar das luzes de sua gestão. A lei 4.029 definiu os feriados municipais e pontos facultativos e incorporou o parágrafo 2º que diz: “Quando algum dos feriados ocorre na terça ou quinta-feira, será declarado ponto facultativo nas repartições públicas na segunda ou na sexta-feira respectivamente”.

O PREFEITO...
André Pessuto já mostrou coragem para enfrentar alguns privilégios do setor público. Cortou, por exemplo, o 14º salário dos servidores e realizou a reforma previdenciária, com aumento no desconto dos servidores para bancar aposentadoria. Essa questão da lei 4.029 parece ser desafio menor. Contudo será necessária vontade política para que os “feriadões” não voltem a açoitar, por uma ou outra razão, quem ocupa a cadeira preta no Paço Municipal.

SÓ PARA...
lembrar. Até o final do ano o serviço público municipal terá mais três feriadões conforme estabelece a dita lei. A conferir: 7 de setembro; 12 de outubro e 2 de novembro (todos caem na terça-feira – com ponto facultativo na segunda). Ainda em outubro tem outros dois pontos facultativos: 15 (Dia do Professor) e 28 (Dia do Servidor). Está na lei...

Equipe A.C.G