Direto da Redação

Direto da Redação: Aberto o debate para desestatização da Sabesp



Direto da Redação: Aberto o debate para desestatização da Sabesp

A Assembleia Legislativa do Estado abriu o debate sobre o projeto de desestatização da Sabesp - Companhia de Saneamento Básico do Estado – que é a concessionária que cuida do serviço de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto em Fernandópolis há 48 anos, portanto, em seu segundo contrato de concessão de 30 anos. O contrato atual expira em 12 anos.

O projeto proposto pelo governador Tarcísio de Freitas, deu entrada na Casa de Leis no dia 18 de outubro e, durante o período em que esteve em pauta, já recebeu 173 emendas - que propõem acrescentar ou alterar dispositivos da matéria - e quatro substitutivos contrários à desestatização da companhia.

Atualmente, a proposta é objeto de discussão das comissões de Constituição, Justiça e Redação; Finanças, Orçamento e Planejamento; e Infraestrutura da Alesp. Na quinta-feira, a Alesp realizou audiência pública com debate entre os grupos pró e contra o projeto do governo.

O debate sobre o projeto deve ser retomado na próxima terça-feira, 21, durante reunião conjunta das comissões. O objetivo do governo é aprovar o projeto ainda este ano.

Bate pronto

  FUSÃO - Com a aprovação, por parte do TSE - Tribunal Superior Eleitoral -, da fusão entre o PTB e o Patriota, o PRD - Partido da Renovação Democrática – nasce com o segundo maior contingente de eleitores filiados em Fernandópolis. São 626 na soma dos filiados dos dois partidos, maior parte do PTB. Fica atrás apenas do MDB com 2.087 e à frente do União Brasil (453), PSDB (402) e PT (357).

  HISTÓRIA – O presidente da Comissão Provisória do extinto PTB, José Carlos Pavani disse à coluna que o partido tem história na cidade. Já teve deputado estadual (Alcides do Faria) e nas duas últimas eleições municipais elegeu cinco vereadores, três deles em 2020 (Cidinho do Paraiso, Everaldo Lisboa e João Garcia Filho).

  COMPASSO DE ESPERA – Pavani diz que ainda não sabe como ficará a fusão no âmbito municipal, ou seja, qual partido vai prevalecer. Ele lembra que o PTB estava ativo e com situação legalizada. Pavani diz que aguarda para a semana que vem a definição da Executiva estadual sobre a organização da nova comissão provisória municipal.

  COMPASSO DE ESPERA II – No Patriota, a situação também é de aguardar as orientações que virão de cima. Weder Banhos Dores, presidente da Comissão Provisória diz que o partido estava em ordem e aposta em consenso para formar a comissão provisória do PRD. Todos acreditam que na semana que vem, as coisas estarão mais claras.

 

 

 

FOTO DA SEMANA

FOTO DA SEMANA

A Acif - Associação Comercial e Industrial de Fernandópolis - de cara nova. O prédio da entidade está ganhando nova fachada, projeto da arquiteta Talita Catelani, que ela apresentou em sua rede social, compartilhada pela Acif. O projeto já está em andamento. Andaimes já foram montados para início das obras. Na foto acima, como está e como ficará a nova fachada.

Positivo

Na semana em que se comemorou o Dia Nacional da Alfabetização (14 de novembro), Fernandópolis recebeu o prêmio PAR – Programa de Alfabetização Responsável – do Sesi. A premiação reconheceu os oito municípios que atingiram os melhores resultados em 2022 na alfabetização de seus alunos até o 2º ano do ensino fundamental. Os premiados foram: Fernandópolis, Brejo Alegre, Braúna, Meridiano, Mirante do Paranapanema, Pinhalzinho, Guariba e Franca. Como prêmio, a cidade vai ganhar um espaço maker Completo e suporte de um instrutor do Sesi-SP. 

Negativo

Em meio à onda de calor que castiga a região, não há refresco para os alunos da rede municipal. Onde o ar-condicionado está instalado e deveria funcionar, estão desligados por falta de gás. Os velhos ventiladores são o que restam para uma tentativa de amenizar o ambiente em sala de aula. Na rede estadual também não é diferente. Em Rio Preto, o vereador Celso Peixão (MDB) apresentou projeto de lei estabelecendo que a temperatura padrão nas escolas de Rio Preto deve ficar entre 21 a 24 graus, ou seja, terão que instalar ar-condicionado.

Claudemir Cabreira

Jornalista.