Direto da Redação

Direto da Redação - TCE divulga avaliação sobre eficácia das gestões municipais



Os prefeitos paulistas vão ficar de olho na divulgação que o TCE – Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – fará na segunda feira, 29. É que nesta data, a corte de contas paulista anunciará os resultados relativos ao IEG-M - Índice de Efetividade da Gestão Municipal -, com base em dados colhidos no exercício de 2020, ano da pandemia. O indicador tem como objetivo monitorar a eficácia das políticas públicas implantadas pelos gestores municipais.

Fernandópolis vem patinando nos últimos anos  neste índice. Na avaliação de 2019 ficou com a nota C+, a penúltima na escala avaliatória que vai de A (Altamente efetiva), B+ (Muita efetiva), B (Efetiva), C+(Em fase de adequação), C (Baixo Nível). E a nota de 2020? É o que saberemos na segunda-feira.

Na região não teve nenhuma cidade Nota A em 2019. Mas, Rio Preto e Votuporanga apareceram com nota B+ e Catanduva, Jales, Mira Estrela e Macedônia, com nota B.

Os dados consolidados do indicador – analisaram os 644 municípios paulistas jurisdicionados ao TCESP, com exceção da Capital, em sete áreas temáticas (Educação, Saúde, Planejamento, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Proteção dos Cidadãos e Governança da Tecnologia da Informação).

O anuncio será feito durante evento que terá abertura pela Presidente do Tribunal, conselheira Cristiana de Castro Moraes, e pelo Corregedor, Conselheiro Sidney Estanislau Beraldo, que é o idealizador do IEG-M.

Bate pronto

  ANTIGO PAÇO X ESCOLAS - Conforme CIDADÃO antecipou na edição passado, tramita pela Câmara projeto do Executivo para retomar a posse do prédio do antigo Paço Municipal na Rua Bahia avaliado em R$ 9 milhões para instalar no local duas Cemeis, escolas que atendem crianças de zero a 5 anos e 11 meses. O prédio foi repassado pela Prefeitura em 2019 ao Iprem – Instituto de Previdência Municipal – por R$ 8,2 milhões para abater dívidas previdenciárias. O projeto estava na pauta da sessão extraordinária de terça-feira, 23, mas acabou adiada por pedido de vista do vereador João Gomes Filho (PTB). O projeto deve ser votado na sessão de quarta-feira, 1º.

  FIASCO – A prévia do PSDB para escolher candidato a presidente foi um grande fiasco. Deu xabu no aplicativo para votação dos filiados. Até o vice-prefeito de Fernandópolis Artur Watson Silveira que, de última hora desistiu de ir a Brasília para votação presencial porque o aplicativo tinha sido liberado para prefeitos e vice-prefeitos, também não tinha conseguido votar. Os 34 tucanos cadastrados para o voto, aguardam ainda poder participar da prévia. O partido vem buscando soluções alternativas para concluir a prévia ainda neste final de semana. Entre os tucanos, sobra constrangimento com o fiasco e o desgaste gerado.

  CALENDÁRIO – A Câmara de Fernandópolis alterou seu calendário de sessões ordinárias para o mês de dezembro. Se seguisse o calendário tradicional, as sessões ocorreriam nas três primeiras terças-feiras do mês (dias 7, 14 e 21). Ou seja, a última sessão seria praticamente à véspera da ceia do Natal. Um requerimento votado pelos vereadores antecipou a sessão de 21 de dezembro para o dia 1º, próxima quarta-feira. Nas três próximas sessões, entre outros projetos, os vereadores terão que votar o projeto do Orçamento do Município para 2022, que estima receita e fixa despesa em R$ 292,3 milhões, valor 15% maior do que o previsto na LDO votada em junho pelos vereadores.

FOTO DA SEMANA

FOTO DA SEMANA

O emaranhado de fios e cabos que polui o visual da cidade, é capaz de produzir cena bucólica. Uma pomba se aproveitou do “trançado” para fazer um ninho e chocar seus ovinhos, numa das esquinas mais movimentadas do centro, Rua Rio de Janeiro com a Manoel Marques Rosa (veja no destaque). De ponto privilegiado, ela observa o trânsito de pessoas e veículos. De baixo, a imagem que a população tem do cenário produzido pelo emaranhado de fios e cabos é degradante.

Positivo

A FEF – Fundação Educacional de Fernandópolis – que está comemorando 45 anos de fundação, festejou durante evento na quinta-feira, a publicação oficial das portarias do Ministério da Educação autorizando os cursos de Direito e Publicidade e Propaganda que passam a compor o portfolio da instituição para 2022. O presidente da FEF, Ocimar Castro, lembrou que os novos cursos estavam entre os mais procurados pelos estudantes. O anuncio teve as presenças do prefeito André Pessuto, do deputado federal Fausto Pinato e presidente da Câmara Gustavo Pinato.

Negativo

Novembro é uma época muito especial para a doação de sangue. No dia 25 de novembro foi celebrado o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue. Todos os anos o Hemocentro de Fernandópolis realiza campanha para reforçar o estoque de sangue para o final de ano quando a doação cai por causa das festas. Este ano não foi diferente. Os doadores que apareceram ganharam uma caneca comemorativa. Infelizmente, o número de doação foi baixo. Por isso, a Semana do Doador foi prorrogada para a semana que vem na esperança que os doadores apareçam. A situação é crítica.

Claudemir Cabreira

Jornalista.