Direto da Redação

Pacote de obras  lançado pelo prefeito  é de R$ 5,3 milhões



O Diário Oficial do Município foi pródigo na publicação de editais de licitações abertas pela prefeitura. O pacote de obras em concorrência chega a R$ 3,4 milhões. Somadas as outras obras, já em fase de ordem de serviço, o montante passa de R$ 5,3 milhões. A prefeitura acelera os processos por conta dos prazos do calendário das eleições municipais deste ano. 
O prefeito André Pessuto liberou esta semana a concorrência para execução de diversas frentes de obras de infraestrutura nos bairros, com recursos ainda do empréstimo junto à Caixa de R$ 20 milhões. 
São três concorrências com obras de pavimentação, guias, sarjetas, passeio público, drenagem e galerias. As três concorrências somam R$ 2,3 milhões. Abertura das propostas marcadas para junho.
Já está correndo também o prazo para as obras de cobertura da quadra do Tiro de Guerra, obra de R$ 296 mil. Também no final deste mês a prefeitura espera contratar empresa que vai implantar a rede de energia (primária e secundária), além de iluminação pública no Distrito Industrial VI, obra orçada em R$ 847 mil. 
O prefeito deve assinar nos próximos dias a ordem de serviço para execução da obra de revitalização da Rua Brasil, entrada pelo Trevo de Água Vermelha, obra orçada em R$ 800 mil, dinheiro de emenda parlamentar. E vai lançar a licitação para reforma e ampliação do prédio da antiga Cesp, ao lado do Mercadão, obra de R$ 200 mil, onde pretende alocar a Orquestra da cidade. 
Sem contar a obra de R$ 1,1 milhão de asfaltamento, guias, sarjeta e calçamento no Jardim Araguaia que foi iniciada nos últimos dias. Em entrevista ao CIDADÃO no início deste mês, o prefeito ressaltou que manter o cronograma de obras era manter uma cadeia de produção. “As obras geram empregos, movimentam o comércio, não somente da construção civil, além de que são benfeitorias para a população. Muitas dessas obras possuem prazo para conclusão de etapas ou entrega. Por isso, elas precisam ser mantidas, justamente para manter essa cadeia de produção. Preciso destacar que muitas dessas obras são com verbas estadual ou federal, já carimbadas e com os recursos já garantidos”, afirmou.

BATE PRONTO

BATE PRONTO

PRÉ-CANDIDATA - A ex-dirigente de ensino, Adélia Menezes confirmou ao CIDADÃO nesta semana que é pré-candidata a prefeita de Fernandópolis pelo Republicanos. O seu nome entra no jogo político com definição marcada para ocorrer entre  julho e agosto.

  TRINCA DE CONTAS REJEITADAS – O projeto de decreto legislativo da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara sobre a rejeição das contas da ex-prefeita Ana Bim, referente ao exercício de 2016, último ano de seu mandato, foi lido na última sessão e deve ir a votação. Esse projeto fecha uma trinca de contas da ex-prefeita rejeitada pelo Tribunal de Contas referentes aos anos de 2014, 2015 e agora 2016. Nas anteriores, 2014 e 2015, a Câmara seguiu o parecer do TC e manteve a rejeição, fato que deve se repetir agora.

  ANTECIPAÇÃO – O vereador João Pedro Siqueira (PSDB) apresentou uma indicação ao prefeito André Pessuto sugerindo que antecipe diálogo com a Sabesp, objetivando a possibilidade de antecipar a renovação de contrato de concessão. Esse contrato foi renovado em 2007 e, portanto, ainda tem um bom tempo de vigência. Mas, o vereador propõe a ideia de antecipação da discussão tendo em vista as dificuldades que o município terá pela frente. Ele entende ser uma oportunidade para captar recursos financeiros para destinação no combate ao coronavírus, bem como outros investimentos com vistas a geração de emprego e renda para a população. Só para lembrar: Na renovação da concessão em 2007, a cidade obteve investimento de R$ 9,5 milhões.
 

FOTO DA SEMANA

FOTO DA SEMANA

É uma operação enxuga gelo essa de retirar entulho descartado irregularmente nas estradas rurais e até na área urbana. Esta semana, uma equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, saiu pelas estradas rurais do município para recolher materiais, entulhos e galhos descartados em locais inapropriados. Segundo a prefeitura, são registrados 35 pontos de descarte irregular o quais são monitorados, passando por serviços de limpeza pelo menos uma vez por mês. Mas, não tem jeito. Limpa hoje e amanhã os entulhos reaparecem. Falta educação.

POSITIVO

A boa notícia foi dada pelo vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) durante entrevista ao jornal Diário da Região na quinta-feira. A região, com 102 municípios, recebeu incremento no número de leitos de enfermaria e de UTI para atender casos de coronavírus. São 358 novos leitos hospitalares na rede pública - entre enfermaria e UTI. Antes do início da pandemia, a região, contava com 1.447 leitos de enfermaria e 208 em unidades de terapia intensiva (UTI) na rede pública de saúde. O número subiu para 1.672 leitos de enfermaria e 341 de UTI.
 

NEGATIVO

Enquanto a região atingiu nesta sexta-feira a marca emblemática de mil casos positivos de coronavírus, não há como não registrar outro flagelo regional: a dengue. O número de casos de dengue na região já ultrapassa a marca expressiva de 23 mil casos positivos da doença e com registro de 14 mortes registradas nas cidades de Catanduva, Votuporanga, Rio Preto, Novo Horizonte, Américo de Campos e Tabapuã. Em Fernandópolis os casos de dengue já passam de 700 depois da epidemia de 4,6 mil casos no ano passado.

Claudemir Cabreira

Jornalista.